Erased – A cidade onde só eu não existo

Erased

Capa Comum

9 Volumes

Editora JBC

Primeiro volume publicado em 13 de dezembro de 2018

Autor: Kei Sanbe

RESENHA

Em Erased, conhecemos a vida do personagem Satoru Fujinuma, 29 anos, um mangaká frustrado que vê seu sonho de se tornar um autor de mangás se despedaçar por não ter conseguido alcançar o sucesso na profissão. Satoru não tem costume de se socializar com outras pessoas por ser muito introvertido e nunca ter conseguido compreender as emoções das pessoas que estavam a seu redor.

Para conseguir pagar as contas, ele trabalha como entregador de pizzas. Durante esse período, ele vive um estranho fenômeno, no qual consegue voltar no tempo alguns minutos para evitar que uma tragédia ocorra, sendo que ele é o único que pode evitá-la.

No entanto, um acontecimento catastrófico dispara um evento onde Satoru acaba voltando 18 anos no tempo. Agora, para sair desse loop temporal e salvar sua família e amigos, ele terá que dar tudo de si para resolver esse grande mistério!

Alguns personagens são particularmente importantes, além do próprio Satoru, como sua mãe Sachiko Fujinuma, que após se separar do marido, criou Satoru sozinha. Ela é uma ex-repórter de um canal de televisão e conhece muito bem seu filho. Sachiko sempre percebe quando Satoru está planejando fazer alguma coisa.

Outra personagem importante é Airi Katagiri, uma colegial, que sonha em ser fotógrafa. Trabalha na mesma pizzaria que Satoru e, ao contrário dele, é uma pessoa alegre e otimista, e tem um papel importante em sua vida.

Ainda temos a Kayo Hinazuki, uma colega de classe de Satoru na escola. Ela tem personalidade tímida e solitária, além de ter uma vida familiar misteriosa. Por fim, temos o Ken’ya Kobayashi, o melhor amigo de Satoru na escola, seu grande sonho é ser advogado no futuro, assim como seu pai.

A coleção, já completa, teve sua publicação iniciada 13 de dezembro de 2018 pela editora JBC e conta com 8 volumes da história principal e o 9º volume com um spin-off que narra histórias extras com alguns personagem que tiveram relação com Satoru.

Com certeza Erased pode ser considerado um dos melhores mangás já produzidos, a história é misteriosa e cativante a cada volume. Quando você termina um volume, um turbilhão de emoções surge e você só pensa em continuar a ler o próximo volume para saber o restante da história.

Falando da edição como um todo, a JBC não decepciona. Qualidade de impressão excelente e papel lux screen, que na minha opinião é o melhor papel para impressão de mangás. Possui capa cartão de boa qualidade com detalhes em verniz localizado.

Erased também recebeu uma adaptação para anime e um Live action produzido pela Netflix.

Se é recomendado ler Erased? Sem dúvidas! Alguns mangás e HQs deixam uma marca na nossa alma e, com certeza, esse é o caso em Erased.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s