Trilogia da Fundação

Trilogia da Fundação

Capa dura

880 páginas

Editora Aleph

Publicado em abril de 2019

Autor: Isaac Asimov

RESENHA

Considerada a obra máxima de Isaac Asimov, Trilogia da Fundação é o tipo de livro que você termina e já fica com vontade de reler.

A trilogia principal (existem mais quatro livros, se não me engano, que se passam antes e depois dos acontecimentos aqui narrados), é composta por: Fundação, Fundação e Império e Segunda Fundação.

Em Fundação conhecemos o psico-historiador Hari Seldon, que prevê, através de fórmulas matemáticas, o fim do Império em 300 anos. E segundo ele, após esse fim, eles passariam por 30 mil anos de barbáries até finalmente conseguir chegar ao que eles eram até então. Mas, ele tem um plano para reduzir esses 30 mil em apenas mil anos, que consiste em preservar todo o conhecimento através de uma enciclopédia e dessa forma acelerar processo. Mas o Império fica com um pé atrás, pensando que Seldon está conspirando contra eles, e lhe dão duas opções: ou ser executado, ou ser exilado em outro planeta junto com seus seguidores e assim fazer a enciclopédia bem longe dali.

Já dá para imaginar qual ele escolheu, não é mesmo? Senão o livro terminaria por aqui mesmo.

Então eles são exilados para o planeta Terminus, que é um planeta nos confins da galáxia, para então trabalharem. Está criada então a Fundação. O que o Império não sabe é que algumas pessoas, seguidores de Seldon, estão na outra extremidade da Galáxia, no Fim da Estrela criando a Segunda Fundação.

Após isso, anos se passam e começamos a acompanhar acontecimentos da Fundação. Nesse primeiro livro a ordem cronológica não é muito linear, quando você percebe anos se passaram entre uma parte e outra. E cada parte serão com personagens diferentes e em diferentes núcleos.

No segundo livro, Fundação e Império, mais anos se passaram e a Fundação passou a ser um mito na história. Ela ainda existe, mas ninguém acredita muito nela, aponto de as pessoas chamarem seus habitantes de mágicos, quando são somente cientistas que avançaram muito no uso da tecnologia com energia nuclear.

Mas, há um general do Império que não acha que Fundação seja somente um mito e vai atrás de informações para encontrá-la. E quando encontra começa uma guerra entre o Império e a Fundação.

Na segunda parte deste livro também conhecemos o Mulo que é alguém que está conquistando rapidamente a galáxia e ninguém consegue entender direito como. E além disso ele torna-se uma variante que não estavam nos cálculos de Seldon, pondo em risco o plano.

E no terceiro e último livro, Segunda Fundação, vamos finalmente ver o que é a Segunda Fundação criada por Seldon e o quanto ela pode influenciar no todo. Boa parte do livro se passa com as pessoas tentando descobrir onde ela está localizada. E há alguns flashes do que está se passando nela e o que eles estão fazendo em relação ao plano Seldon.

E o final…. é aqueles de explodir a cabeça! Quando você chega na parte de algumas explicações… E a última frase do livro é de ficar com o queixo caído e dar aquele arrepiozinho. É muito bom!

E caso você é do tipo que lê a última frase do livro antes de começar, eu recomendo fortemente que não faça isso. Porque você vai receber um baita spoiler, e sua experiência não será a mesma.

Apesar de não ter um ritmo muito frenético (eu não achei, pelo menos), o livro está cheio de reviravoltas. Asimov não dá ponto sem nó. Tudo é muito bem amarado, e se você achar que tem algo que não está fazendo sentindo, ou que é só enrolação, calma, porque tem motivo para tudo. É uma leitura que enquanto eu estava fazendo, eu achei ok. E como eu estou numa fase de quero ler, mas também tenho preguiça, e ao mesmo tempo estou ansiosa porque tenho outros muitos (muitos para mim) livros para ler, eu só queria acabar ele logo. Mas quando terminei fiquei automaticamente com vontade de reler. E quanto mais eu penso nele, mais eu gosto.

Enfim, esse foi o resumo do resumo. A história é infinitamente maior do que falei aqui. E é leitura recomendadíssima.

E sobre esta edição da Aleph, ela está simplesmente maravilhosa! Com papel offwhite e boa diagramação. Ela contém os três livros e ilustrações belíssimas, além de uma entrevista com Asimov feita em 1987 e outros extras.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s